o processo

Plano de passos

Para iniciar O Método Sinclair, há 4 passos a seguir:
1. Introdução. 2. Triagem. 3. Prescrição. 4. Iniciar terapia.
Desde já, concordamos em uma coisa. Você é honesto sobre a quantidade que bebe e bebeu antes de começar e também durante a terapia. Caso contrário, não faz sentido e você tem menos chance de que o método funcione para você. Após nosso primeiro contacto, você pode começar rapidamente!

PASSO 1. CONVERSA DE INTRODUÇÃO

Você entrou em contacto por telefone ou e-mail e juntos agendamos esta primeira reunião introdutória gratuita. Durante esta conversa, você pode me perguntar tudo sobre O Método Sinclair e a experiência que tenho com ele. Você também pode me contar algo sobre você e seu problema. Iremos elaborar mais sobre isso durante a triagem. Se você achar er quiser ser guiado por mim, agendamos imediatamente a triagem via videochamada.

PASSO 2. triagem

Consulta de triagem via tele-aconselhamento (videochamada). Isso não é possível por telefone, gostaria de vê-lo para poder ajudá-lo o melhor possível. Com base nessa conversa, posso determinar rapidamente se O Método Sinclair pode ser bom para você. Essa triagem inclui uma carta pessoal para o seu médico explicando O Método Sinclair e a aplicação do medicamento Naltrexona.

Durante esta conversa, também discutiremos sobre o seu:
– Objetivo: Você quer beber menos e ganhar controle sobre seu hábito de beber ou parar completamente?
– Histórico de álcool: Quanto você bebeu, você ainda bebe? Com que frequência? Suas experiências com desistência. O que você já experimentou?
– História psiquiátrica: Você já teve ou ainda sofre de Depressão, Transtorno de Ansiedade, Problemas para dormir?
– Histórico médico: Você está ou esteve gravemente doente? Você tem uma doença crônica? Você toma alguns medicamentos e quais?
– Outros vícios: Você foi ou ainda é viciado em outra coisa que não seja álcool?

PASSO 3. PRESCRIÇÃO

Você marca uma consulta com seu médico e dá ou envia a ele a carta explicando O Método Sinclair.

Enquanto isso, faço um esquema com base em seus hábitos de consumo e na quantidade que você bebe ou bebeu e veremos se você começa com 50mg imediatamente ou com a metade, 25mg. A experiência mostra que começar com meias doses funciona melhor para algumas pessoas. O tempo entre o medicamento e a ingestão do primeiro copo também varia muito. Para alguns, 1 hora de antecedência funciona bem. Outros precisam tomar o remédio com 1,5 á 2 horas de antecedência para obter melhores resultados.

PASSO 4. TERAPIA

Nas primeiras 2 semanas, gostaria de vê-lo pelo menos uma vez por semana por videochamada. Você também pode enviar um e-mail e me ligar durante a terapia. Dessa forma, temos certeza de que você está no caminho certo. Isso é muito importante no começo, não subestime a terapia! Depois disso, uma boa comunicação continua a ser importante para que O Método Sinclair faça seu trabalho da melhor forma possível. Às vezes, as pessoas querem desistir rápido demais porque acham que não vai funcionar para elas e isso é uma pena. Continue se comunicando, para que tenha uma melhor chance. Se você também quiser trabalhar a você mesmo, faremos outros acordos.

livrinho e tabela de registo de bebida

Se você decidiu fazer o Método Sinclair, então você recebeu um livrinho para registo de bebidas. Desta forma, você tem uma visão geral de porquê e para quando você toma o primeiro copo. Verá também o que  muda durante a aplicação do Método Sinclair. Isto lhe dará mais informações sobre porque você bebe aquele primeiro copo. Você também recebeu uma tabela de registro de bebidas para que possa ver e acompanhar o progresso num gráfico.

EFEITOS COLATERAIS

Tal como acontece com muitos medicamentos, você pode sentir alguns efeitos colaterais com O Método Sinclair. Fale comigo sobre isso, tenho uma vasta experiência com isso. Cada pessoa reage de maneira diferente e os efeitos colaterais são geralmente transitórios.

Quem não pode começar imediatamente

As pessoas listadas abaixo devem sempre buscar permissão de um médico para usar o medicamento Naltrexona.
* Pessoas viciadas em drogas. As drogas não funcionam da mesma forma se a Naltrexona estiver presente no cérebro.
* Pessoas com lesões graves no fígado.
* Mulheres grávidas.

algumas TÉCNICAS DE ACONSELHAMENTO que uso